Home / Entrevistas / Underground Lusófono Entrevista: Issa Paz

Underground Lusófono Entrevista: Issa Paz

Boas pessoal, trago-vos mais uma entrevista exclusiva desta vez com a rapper brasileira Issa Paz.

Underground Lusófono: Donde surge o nome Issa Paz?
Issa Paz: É uma brincadeira com meu primeiro nome e sobrenome. Ficou assim por definição
Underground Lusófono: Como começa a tua trajectoria no Rap?
Issa Paz: Tinha 12 anos e comecei a compor minhas poesias no formato de rap. Comecei ouvindo os clássicos do RAP que não tinha tanto contato antes e assim, me inspirar e gravar dentro do quarto mesmo. Soltar no Myspace e soltar pra todo mundo ouvir. As músicas eram um lixo, mal gravadas, eu não tinha noção nenhuma de mixagem ou masterização hahaha mas todo começo é assim mesmo :/
Underground Lusófono: O que é que te incentivou a fazer Rap?
Issa Paz: Sempre gostei de poesia, quando descobri que existia um mundo poético ligado à música foi essencial que eu me envolvesse nisso.
Underground Lusófono: Donde vem a tua inspiração?
Issa Paz: Teorias, ideias, conclusões, ideologias, vida, crises… várias coisas.
Underground Lusófono: Qual foi o teu primeiro som?
Issa Paz: Chamava: “Unica”, foi feito numa base do Fugees, gravado em casa, microfone de 10 reais rs. Uma bosta.
Underground Lusófono: Fale-nos um pouco do teu Ep Essência. O porque do nome Essência?
Issa Paz: É uma EP de apresentação, um misto de vários anos aprendendo a compor e guardando referencias músicais que formaram minha personalidade. O que depositei nesse disco foi somente aquilo que sou e acredito.
Underground Lusófono: Como foram os processos de gravações e as dificuldades que tiveste para lançar este EP?
Issa Paz: O Disco foi todo gravado no Estudio XIII, todo pago do meu bolso, então o processo de gravação foi demorado. A capa foi feita por mim também, a escolha das tracks e composição não foi complicada, foi tudo bem tranquilo, estava ciente de que o disco iria ser demorado e fiz algumas coisas com calma.
Underground Lusófono: Como tem sido o processo de divulgação das tuas cenas?
Issa Paz: Na unha. Escuta meu som, tá aqui o link, e tal. Sempre pelo facebook e blogs.
Underground Lusófono: Projectos para o futuro?
Issa Paz: Próximo disco: A Arte da Refutação. Um disco completo… estamos trampando.
Underground Lusófono: Como descreves a situação actual do hip hop underground feito no Brasil?
Issa Paz: Em ascensão, crescendo e se profissionalizando cada vez mais. A palavra do momento, para mim pelo menos é Profissionalização.
Underground Lusófono: Para terminar deixa uma linha de freestyle ou mensagem para o pessoal do movimento.
Issa Paz:
Rap nacional brasileiro, das quebradas de sampa para o mundo inteiro.
Valeu Lusófono pela oportunidade, vamos fazer rap verdadeiro!
Comentários

About Underground Lusófono

HipHop/Rap Angola, Brasil, Cabo Verde, Guiné-Bissau, Macau, Moçambique, Portugal,Timor-Leste, São Tome e Principe.

Check Also

Coruja BC1 lança single “Éramos Tipo Funk”

O rapper brasileiro Coruja BC1 mergulha na linguagem do cinema para apresentar o segundo single …

Nego Gallo traz as ruas de Fortaleza para o SESC Pompeia

Directamente das terras do Brasil,a lenda do rap nordestino, Nego Gallo, lançará seu aguardado disco …

Resiliência é novo single do grupo Fat Soldiers

  O Grupo “Fat Soldiers” numa entrevista cedida ao site Underground Lusófono, falaram um pouco …

Carga Pezada lança single “Plano Certo” com Haxincha e Arihan

Directamente das terras do Brasil, o grupo Carga Pezada composto por Negoo Dollar e Brombini …

Deixar uma resposta

%d bloggers like this: