Home / Rap Angola / Onde Andam os Wack Mc’s? : Por Kool Klever

Onde Andam os Wack Mc’s? : Por Kool Klever

Onde Andam os Wack Mc's? : Por Kool Klever
“A palavra e o conceito “wack mc” parece ter desaparecido do actual cenario Hip Hop americano e o resto do mundo segue o mesmo caminho. Já não parece importante a originalidade, a inovação, o traquejo ou ate a qualidade do discurso/texto/letra… quando me recordo que nos anos 90 artistas como Puff Daddy (apesar de todo dinheiro e sucesso nos negócios e influência) ou Will Smith eram considerados FRACOS. 

Não posso parar de concordar que as coisas (muitas) mudaram pra pior. Já não parece existir qualquer critério de qualidade ou coisa parecida. Nos tempos que correm, funciona muito mais e acima de tudo a insistência, o bater na mesma tecla e o trabalho árduo (mas afinal, que trabalho? quando as letras parecem escritas por miúdos) do que a inovação, o traquejo, a qualidade e originalidade do texto. O chamado hard work limita-se na verdade na quantidade de posts que se faz no Twitter ou presença nas redes sociais e o volume de musica que se põe à disposição na net. Oh que falta sinto dos arrepios causados por ouvir artistas como Pharophe Monch, Chino XL, Mobb Deep, M.O.PKanye West em todos albuns, Roice da 5’9, Eminem, Supastition, Elzhai, Common, Nas, etc etc (…)”
Obs: A MixtapeMenos Kool, Mais Klever” vai à Praça da Independência no próximo dia 14 de Abril.

Fonte: Balumukenu
Comentários

Sobre: Underground Lusófono

HipHop/Rap Angola, Brasil, Cabo Verde, Guiné-Bissau, Macau, Moçambique, Portugal,Timor-Leste, São Tome e Principe.

One comment

Leave a Reply

%d bloggers like this: