Home / Notícias / Música ‘BFF’ de Valete causa polémica e discussão sobre violência doméstica
Música 'BFF' de Valete causa polémica e discussão sobre violência doméstica

Música ‘BFF’ de Valete causa polémica e discussão sobre violência doméstica

O novo single de Valete, ‘BFF’, está a causar polémica.

No vídeo do tema, que acompanha a letra, um homem surpreende a mulher na cama com o melhor amigo, insultando-a e apontando uma caçadeira a ambos.

Nas redes sociais, alguns fãs defendem Valete, atacando a cultura do “politicamente correto”, ao passo que outros lamentam que, num momento em que os casos de violência doméstica se multiplicam, o rapper aborde o tema desta forma.

Entre os músicos, Dino d’Santiago elogiou o tema, enquanto Sónia Tavares, dos The Gift, escreveu: “És um tipo tão inteligente, escreves tão bem, fazes tão boa música, mas este vídeo não dá. As crianças também gostam de ti e não vão perceber que este vídeo pode ser um abre-olhos”.

Valete respondeu: “Cuidado com a condescendência, Sónia. Não confundas luta feminista com PIDE. Onde é que está decretado que não se pode fazer ficção com violência? Como fiz em toda a minha vida contei uma boa história, consegui levar para um registo cinematográfico e chegámos a este resultado. É uma boa história e bom cinema. Dissertações sobre homicídio passional, violência doméstica cabem-te a ti. A Sónia e a sua gang da PIDE decretaram agora que não se pode fazer filmes com violência e que não se pode fazer arte sem mensagem”.

Ao Diário de Notícias, Valete reafirma que ‘BFF’ não tem mensagem.

“O que viste ali é um cineasta e um novelista a contar uma história – não há mensagem. Quando faço uma obra há sempre um grupo que não entende. Acho que é um grupo minoritário e geralmente de pessoas preconceituosas em relação ao rap. A minha arte não é unidimensional, nunca foi. Criei uma personagem machista de propósito”.

A história aconteceu perto de mim. 90% do que estou a narrar ali é verídico. Não há ali juízo de valor”, afirmou Valete, em entrevista a Fernanda Câncio.

“Fiz a obra, a maior parte das pessoas entendeu”, garante ainda o músico. “E houve um grupo pequeno de feministas que não gostou – feministas de classe média alta, que não ouvem rap. E um grupo de machistas ignorantes que também não entendeu”.

Veja aqui o vídeo de ‘BFF’

Fonte: BLITZ

 

Comentários

About Underground Lusófono

HipHop/Rap Angola, Brasil, Cabo Verde, Guiné-Bissau, Macau, Moçambique, Portugal,Timor-Leste, São Tome e Principe.

Deixar uma resposta

%d bloggers like this: