Home / Rap Guiné Equatorial / Guiné Equatorial: Negro Bey lança “Pandemia” com participações de Jamin Dogg, Narkelly Pana e Mitwa

Guiné Equatorial: Negro Bey lança “Pandemia” com participações de Jamin Dogg, Narkelly Pana e Mitwa

Guiné Equatorial é um país que integra a Comunidade dos Países de Língua Oficial Portuguesa (C.P.L.P.), apesar de não ser um país falante de língua portuguesa. A inclusão aconteceu em 2014, sob justificativa de que havia sido colonizada por Portugal entre os séculos XV e XVIII e de que havia algumas línguas crioulas baseadas em português sendo faladas no território. O país, no entanto, é conhecido por um regime ditatorial há quatro décadas.

O rap underground é uma resistência no território. Entre os nomes de maior destaque, está Negro Bey, com três álbuns lançados no mercado e também o livro “Cultura Urbana”, onde apresenta a cultura jovem e alternativa no país, com ênfase nos rappers de intervenção social. Jamin Dogg é um desses nomes. O artista foi preso em 2017, após lançar a música “Taxista Yeheyeba”, que divulgava uma greve dos taxistas.

Esses dois artistas se juntaram a Narkelly Pana e Mitwa para lançarem a música “Pandemia”, em que enfatizam os danos desse período de crise do Covid-19, para as pessoas mais pobres.

Comentários

About Carlos Mossoró

Leave a Reply

%d bloggers like this: