Home / Notícias / As mudanças nos discursos de MCK para tocar nas rádios

As mudanças nos discursos de MCK para tocar nas rádios

MCK, rapper angolano conhecido pelo seu censo crítico face às condições sociais da sua Terra Natal, é visto pelos fãs como um artista “imutável” desde o tempo das Trincheiras.

As mudanças nos discursos de MCK para tocar nas rádios

Segundo o VOA Português, até 2016, Katrogi teve seus destaques que lhe conferem pelos prémios:
Entre os 10 artistas africanos mais influentes
Melhor Mensagem 2016, atribuído pelo Blog Rap Kuia
Melhor Letra 2013 com “Cadáver andante” atribuído pelo Blog Rap Kuia
Eleito na lista dos 10 artistas mais influenciadores de África (eleição na África do Sul)
Melhor Rap 2013 no Angola Music Awards
Melhor Rap 2012 – Rádio Luanda
Melhor Rapper 2011 – Rádio Ecclésia

Num país com uma governação tão crítica onde certos críticos desapareciam fisicamente, tantos outros eram ameaçados que chegavam a desistir da música e há quem, por medo, teve de alterar as suas letras. O que MCK teve de fazer para continuar na música rap e hoje passar pelas rádios que o consideravam uma ameaça?

Com um aumento de fãs por todo lodo considerados Fieis, MCK manifestou-se, recentemente, orgulhoso de seu trabalho dizendo que  “Há gente que teve que mudar o discurso, as letras, e o estilo de música pra passar na Rádio, eu fiz diferente… Esperei a Rádio mudar pra passar meus sons sem tirar nenhuma vírgula.”

Com zero de protesto, o público em geral confirma não haver mudança nos discursos do músico considerado um dos poucos artistas que permanecem firmes sem alteração do seu discurso, letras ou estilo de música. E é notável. Tem-se visto, não só na música, mas, também,  há participação sua, de forma activa, nas discussões de carácter social.

Comentários

Sobre: San Pedrimbi

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: